Perfil Corporativo

A Wilson Sons é o maior operador integrado de logística portuária e marítima do Brasil. Com mais de 180 anos de experiência, a Companhia possui abrangência nacional dominante oferecendo soluções completas para apoiar o comércio doméstico e internacional, bem como a indústria de óleo e gás.

O Grupo mantém relacionamentos duradouras com mais de 2.000 clientes ativos, sua carteira é composta por armadores, importadores e exportadores, empresas do setor de óleo e gás e de diversos setores da economia.

 

TERMINAIS DE CONTÊINER

Tecon Rio Grande

Localizado no estado do Rio Grande do Sul, a maior economia do Sul do Brasil, o Tecon Rio Grande foi o primeiro terminal de contêiner a ser privatizado no Brasil, através de uma licitação pública em 1997. Atendendo as principais linhas marítimas que conectam o Brasil a todos importantes mercados internacionais, Rio Grande é o único terminal de contêiner dedicado no estado. O terminal atualmente possui 735.000 m² de área total, 900 m de cais linear com três berços, e calado de 12,8 m (42 pés), 2.352 tomadas para contêineres refrigerados, 18.000 m² de armazém, e 1,4 milhões de TEU de capacidade anual de movimentação. Os equipamentos são de última geração, incluindo nove guindastes de cais STS (Ship-to-Shore), 22 guindastes de pátio RTG (Rubber-Tyred Gantry), bem como o sistema operacional Navis N4, líder global em gestão de terminais portuários.

Em setembro de 2016, a Wilson Sons iniciou a operação do Tecon Santa Clara, terminal de navegação interior localizado no Polo Petroquímico de Triunfo. Atualmente, o terminal possui quatro escalas semanais, conectando o norte do estado diretamente ao Porto do Rio Grande.

Para mais informações sobre o Tecon Rio Grande, clique aqui.

Tecon Salvador

Privatizado em 2000, o Tecon Salvador está localizado no estado da Bahia, a maior economia do nordeste do Brasil. Atendendo as principais linhas marítimas que conectam o Brasil a todos importantes mercados internacionais, Salvador é o único terminal de contêiner dedicado no estado. O terminal atualmente possui 118.000 m² de área total, um cais principal de 800 metros de comprimento e 15 metros (49 pés) de calado, outro cais secundário de 240 metros de comprimento e 12 metros (39 pés) de calado, 674 tomadas para contêineres refrigerados, 4.000 m² de armazém, e 553.000 de TEU de capacidade anual de movimentação. Os equipamentos são de última geração, incluindo nove guindastes de cais STS (Ship-to-Shore), 14 guindastes de pátio RTG (Rubber-Tyred Gantry), bem como o sistema operacional Navis N4, líder global em gestão de terminais portuários.

Em março de 2020, a Wilson Sons concluiu um projeto de expansão de US$110 milhões em Salvador para estender o cais principal do terminal para 800 metros, permitindo a atracação simultânea de dois navios super-post-Panamax. Esse investimento reflete o compromisso da Companhia com a melhoria contínua da produtividade e eficiência operacional.

Para mais informações sobre o Tecon Salvador, clique aqui.

 

BASES DE APOIO OFFSHORE

Pioneira no segmento de bases de apoio offshore privados e quase 20 anos de atuação, a Wilson Sons desenvolve soluções logísticas integradas para apoiar as atividades de exploração e produção de petróleo em toda a costa brasileira. Fortemente reconhecida pela excelência em SMS e performance operacional, a Companhia já atuou como base de apoio para as principais petroleiras e empresas de serviço locais e internacionais, com mais de 45 projetos em oito cidades diferentes.

O Grupo possui e opera duas bases privados estrategicamente localizados na Baía de Guanabara, principal pólo de apoio logístico às bacias de Santos e Campos, sendo um em Niterói com 3 berços de atracação e outro no Rio de Janeiro com 5 berços. A Companhia também possui uma área de armazenagem em Guaxindiba (Rio de Janeiro) para de tubos de perfuração e outros equipamentos.

Para mais informações sobre as Bases de Apoio Offshore, clique aqui.

 

LOGÍSTICA

Centros Logísticos

A Wilson Sons oferece soluções porta-a-porta integradas para apoiar o comércio doméstico e internacional operando com armazenagem geral e alfandegada, gestão de estoque, distribuição, gestão de transporte e soluções para o setor de comércio exterior.

A Companhia possui um centro logístico em Santo André, próximo à maior área metropolitana do Brasil, São Paulo, e outro localizado no Complexo Industrial Portuário de Suape (Pernambuco), oferecendo soluções personalizadas e excelência operacional.

Para mais informações sobre os Centros Logísticos, clique aqui.

Logística Internacional

A Allink Neutral Provider, na qual a Wilson Sons detém 50% do controle, é um Non-Vessel-Operating Common Carrier (“NVOCC”) especializado em logística internacional para carga marítima e aérea. Com mais de 25 anos de experiência e presença em todos os importantes portos brasileiros, a Allink é a única NVOCC brasileira que tem uma parceria com a Aliança Mundial, oferecendo mais de 8.000 serviços semanais para os principais destinos globais.

Para mais informações sobre a Allink Neutral Provider, clique aqui.

 

REBOCADORES

A Wilson Sons é líder em serviços de rebocagem no Brasil. Com 75 rebocadores, a Companhia possui a maior e mais moderna frota do país, para apoiar o comércio doméstico e internacional, bem como a indústria de óleo e gás, operando em todos os principais portos e terminais. Todas as embarcações são monitoradas remotamente 24/7 através da Central de Operações de Rebocadores (“COR”), proporcionando maior segurança e eficiência às operações.

A Wilson Sons oferece também serviços especiais, incluindo assistência a salvatagem, combate a incêndio, rebocagem oceânica, bem como o apoio à construção de plataformas de petróleo e sondas de perfuração offshore.

Para mais informações sobre a divisão de Rebocadores, clique aqui.

 

AGÊNCIA MARÍTIMA

A Wilson Sons foi fundada em 1837, fornecendo principalmente serviços de agência marítima. A Companhia é a maior agência independentes do país, operando 18 filiais nos principais portos brasileiros, juntamente com representantes exclusivos na Europa e um escritório próprio na China. Possui também forte presença na indústria de óleo e gás.

O Grupo oferece representação comercial para armadores, documentação de embarque, gestão logística de equipamentos, agendamento de embarcações com escalas regulares (“liner”) e não regulares (“tramp”), preparação de toda documentação relativa ao transporte marítimo, controle de demurrage (tempo de devolução de contêineres), entre outros.

Para mais informações sobre a divisão de Agência Marítima, clique aqui.

 

ESTALEIROS

Localizado no Porto de Santos (São Paulo), os estaleiros da Wilson Sons foram projetados para a construção, manutenção e reparo de embarcações de pequeno e médio porte, utilizadas principalmente para apoio marítimo e portuário. Amplamente reconhecido por sua capacidade de oferecer e entregar projetos customizados dentro do prazo, o complexo de estaleiros de 39.000 m² possui uma capacidade anual de processamento de aço de 10.000 toneladas.

Com mais de 135 embarcações entregues nos últimos 30 anos (10 projetos para a Marinha Brasileira), o portfólio de construções da Companhia contempla rebocadores, embarcações de apoio a plataformas (“platform supply vessels”), embarcações de apoio à recuperação de derramamentos de óleo (“oil spill response vessels”), embarcações de apoio a veículos de operação remota (“remotely operated vehicle supply vessels”), lanchas balizadoras, navios patrulha, dentre outros.

Para mais informações sobre a divisão de Estaleiros, clique aqui.

 

EMBARCAÇÕES DE APOIO OFFSHORE

A Wilson Sons Ultratug Offshore (“WSUT”), uma joint venture de 50% entre a Wilson Sons e o grupo chileno Ultramar, é um dos principais fornecedores de apoio marítimo às atividades de exploração e produção de petróleo e gás no Brasil. Com 23 embarcações de apoio offshore com bandeira brasileira, WSUT é uma das maiores e mais modernas frotas no país.

Em conformidade com os padrões de segurança mundiais, a WSUT oferece serviços logísticos, tais como, transporte de equipamentos, tubos de lama e perfuração, cimento, alimentos, resíduos e outros materiais entre os terminais portuários e plataformas offshore.

Para mais informações sobre a divisão de Wilson Sons Ultratug Offshore, clique aqui.